Compromisso com o futuro

terça-feira 18 de setembro de 2007 por Pedro Ivo

Por: Francisco José Pinheiro - Vice-Governador do Ceará

O povo cearense está sendo convidado a se fazer presente em mais um processo participativo. A Conferência do Meio Ambiente é a oportunidade que vem se juntar às discussões em andamento nas áreas da: cultura, educação, ciência e tecnologia, entre outras. A Conferência está imersa num cenário político marcado pela efervescência democrática dos últimos anos. Esta Conferência do Meio Ambiente, já na sua terceira edição, visa um amplo e intenso processo de debate de temas candentes, levando em consideração desde realidades locais, até as grandes preocupações que afligem não só o Brasil, mas toda humanidade.

Mudanças Climáticas é o tema central da Conferência Nacional, organizada pela equipe do Ministério do Meio Ambiente - MMA, tendo à frente a Ministra Marina Silva. A etapa estadual prevista para os dias 13, 14 e 15 de dezembro deste ano, conta com o trabalho de uma comissão organizadora, coordenada pelo Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente - CONPAM, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - IBAMA e Superintendência Estadual do Meio Ambiente - SEMACE, envolvendo ainda: órgãos públicos, organizações não-governamentais, entidades representativas e cidadãos e cidadãs comprometidos(as) em repensar modelos de produção e consumo compatíveis com a edificação de sociedades sustentáveis. Serão realizados ainda 12 eventos regionais, contemplando todo Estado, que antecedem ambas Conferências.

As mudanças no clima do planeta e suas conseqüências para o meio ambiente e para a população têm causado grande preocupação desde o anúncio do catastrófico relatório da Organização das Nações Unidas - ONU, apontando a necessidade de um sério envolvimento de toda a sociedade para minimizar seus efeitos, uma vez que sua reversão aparenta ser praticamente impossível, diante da permanência do processo atual de crescimento econômico e acumulação privada do capital.

O lançamento da Conferência Estadual, ocorrido em 14 de setembro, sexta-feira próxima passada, na Assembléia Legislativa do Ceará, foi marcada pela presença de representantes de diversos municípios e de um conjunto amplo de segmentos sociais. Esta atitude responde ao chamado para um tratamento responsável e compartilhado das questões ambientais, conforme preconizado no Sistema Nacional de Meio Ambiente - SISNAMA. Ao mesmo tempo, não pode significar uma fuga dos governos às suas responsabilidades na implementação de políticas e na fiscalização que beneficiem o controle ambiental e evitem danos maiores.

Indígenas, quilombolas, pescadores, marisqueiras, professores – homens e mulheres, adolescentes e até crianças, enfim, todos(as) são chamados(as) a discutir temas conflituosos e complexos pautados: desertificação, abastecimento, tratamento de água, saneamento, energias alternativas, destinação de resíduos sólidos, etc. na perspectiva da participação popular e do controle social em parceria com os poderes públicos, que se materializa na implantação do Fórum Estadual da Agenda 21.

O protagonismo do povo em busca de soluções para equilibrar o desenvolvimento econômico com distribuição de renda e preservação do planeta para as atuais e futuras gerações, muito mais do que a constatação sobre a degradação dos meios físicos é um compromisso de atuação em defesa da vida.

http://www.opovo.com.br/opovo/opiniao/729270.html

Assinaturas: 0

Fórum

Associação Civil Alternativa Terrazul,

Rua Goiás No 621. Bairro: Pan-Americano. Cep: 60441000 Fortaleza - Ceará - Brasil

E-mail: alternativa.terrazul@terra.com.br tel: + 55 85 32810246

Alternatives International

Data Nome Mensagem