COP-8 e MOP-3 mobilizam cinco mil pessoas em Curitiba

sexta-feira 10 de março de 2006 por Gisele Teixeira

Os números dão a dimensão da importância das reuniões das Nações Unidas sobre biodiversidade e biossegurança que começam na próxima segunda-feira (13), em Curitiba. O Brasil terá a maior delegação enviada para um evento internacional da área de meio ambiente até agora: 300 pessoas, sendo 170 para a 8ª Conferência das Partes da Convenção sobre Diversidade Biológica (COP-8) e 130 para a 3ª Reunião das Partes do Protocolo de Cartagena sobre Biossegurança. As reuniões oficiais terão tradução simultânea para as seis línguas na ONU (inglês, espanhol, francês, árabe, chinês e russo), além do português, e os eventos paralelos já chegam a 275 - uma média de 27 por dia.

São esperadas cinco mil pessoas, de 187 países, e pelo menos 100 ministros de meio ambiente devem participar do segmendo ministerial ou de alto nível. Outras duas mil pessoas foram treinadas e atuarão como voluntários, recebendo e auxiliando as delegações oficiais. No Expo Trade - centro de convenções localizado em Pinhais, região metropolitana de Curitiba, onde serão realizadas as reuniões - funcionarão 261 computadores, dois buffets, serviços de floristas, cyber café, telefonia e serviço de limpeza. Duas empresas de segurança já foram contratadas para trabalhar durante as conferências.

A dimensão dos eventos, segundo o Secretário de Biodiversidade e Florestas, João Paulo Capobianco, também explicita a responsabilidade do Brasil. Além de ser o país sede dos encontros, o Brasil assumirá a presidência da CDB pelos próximos dois anos. Segundo ele, a missão do País é ajudar a colocar em prática as deliberações, normas e orientações que foram tomadas pela Convenção até agora. "O Brasil sedia essas reuniões em um momento importantíssimo, em que há uma enorme expectativa de que aquilo que a convenção prevê, e que foi detalhado nesses últimos anos, seja efetivamente implantado e o mundo entre num novo ciclo, de real proteção da biodiversidade", destaca.

A abertura oficial da MOP-3 será na segunda-feira e segue até o dia 17 de março. Até lá, representantes dos 130 países signatários do Protocolo de Cartagena irão discutir temas como identificação, embalagem, manuseio e uso de organismos vivos modificados; responsabilidade e reparação de danos resultantes do movimento transfronteiriço de OVMs e avaliação, manejo e comunicação de risco, entre outros temas. A COP-8 terá início no dia 20 e prossegue até 31 de abril.

Fonte: ASCOM/MMA

Assinaturas: 0

Fórum

Associação Civil Alternativa Terrazul,

Rua Goiás No 621. Bairro: Pan-Americano. Cep: 60441000 Fortaleza - Ceará - Brasil

E-mail: alternativa.terrazul@terra.com.br tel: + 55 85 32810246

Alternatives International

Data Nome Mensagem