Prêmio Capitão Gancho Contra a Biopirataria

sexta-feira 24 de março de 2006 por Daniele Sallaberry

Os responsáveis pela biopirataria e os que a combateram durante o ano de 2006 foram premiados, nesta sexta-feira (24), na tenda do Fórum Global da Sociedade Civil. “O objetivo do prêmio é chamar a atenção dos governos e da sociedade civil sobre a questão da biopirataria” explicou a representante da Coalizão Contra a Biopirataria, Silvia Ribeiro.

A premiação foi anunciada pelo próprio capitão gancho. O homem fantasiado interagiu com o público que lotou a tenda durante a premiação. Ele anunciou os premiados e o motivo pelo qual foram escolhidos. Na categoria dos piores, destacaram-se a Syngenta, o governo dos Estados Unidos e o Google. Já, entre os melhores, ficaram: a Rede de Defesa do Milho, a Via Campesina e o Grupo África na CDB. Leia abaixo a lista completa das categorias premiadas:

OS BIOPIRATAS

Premiado: Syngenta Categoria: A Pior Ameaça à Soberania Alimentar Motivo: por sua patente tipo Terminator, desenhada para impedir que as batatas brotem

Premiado: J.Craig Venter Categoria: O Biopirata mais ganancioso Motivo: por realizar expedição global de biopirataria

Premiado: Google Inc. Categoria: A Maior Ameaça à Privacidade Genética Motivo: por se juntar a J.Craig Venter para criar uma base de dados para pesquisa online

Premiado: Delta & Pine Land Co. Categoria: Prêmio de Maquiagem Extrema Motivo: por estar prometendo, desde 1998, comercializar tecnologia Terminator

Premiado: Governo dos Estados Unidos Categoria: O Ato de Biopirataria Mais Vergonhoso Motivo: por impor leis de propriedade intectual sobre cultivos no Iraque

Premiado: Projeto Genográfico Huano Categoria: O Pior Déjà Vu Motivo: ressuscitar o velho projeto genoma humano

Premiados: Canadá, Austrália e Nova Zelândia Categoria: O Prêmio Eixo do Mal Motivo: por suas reiteradas tentativas para minar a moratória sobre a tecnologia Terminator na CDB

Premiados: Genencor e Outros Categoria: A Pior Traição Motivo: por patentear, clonar e vender microorganismos

Premiados: Universidade da Califórnia – Davis The Biotechnology industry Organization (BIO) Categoria: O Mais Hipócrita dos Ganhadores Conjuntos Motivo: Por patentear o gene de resistência à ferrugem Por escrever regras de biosprospecção

OS DEFENSORES

Premiado: Rede de Defesa do Milho e o Povo Wixárica (México) - Deccan Development Society (Índia) Categoria: A Melhor Defesa dos Povos Motivo: ampliar o alcance de sua luta contra a contaminação do milho transgênico e por organizar sistemas autônomos de sementes

Premiado: Via Campesina Categoria: A Melhor Defesa da Soberania Alimentar Motivo: por sua campanha global de sementes

Premiado: Grupo da África na CDB Categoria: A Melhor Defensoria Motivo: por defender a biodiversidade

Premiado: Programa Comunitário de Desenvolvimento e Conservação da Biodiversidade Categoria: Reconhecimento pelo Trabalho Desenvolvido Motivo: Por pesquisa baseada no conhecimento de camponeses

Premiado: Edmonds Institute e o African Centre for Biosafety Categoria: O Melhor Denunciante Motivo: por pesquisa que documenta a biopirataria

Premiado: Magda Aelvoet, Vandana Shiva e Linda Bullard Categoria: A Vitória Mais Agradável Motivo: por impugnar a patente da Oficina Européia de Patentes

O Fórum Global da Sociedade Civil, aberto ao público, é promovido pelo Fórum Brasileiro de ONGs e Movimentos Sociais para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (FBOMS). O evento faz parte da programação paralela às reuniões da Terceira Conferência das Partes sobre Protocolo de Cartagena de Biossegurança (MOP3) e da (COP8) Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB), que está acontecendo em Curitiba de 13 até 31 de março.

Assinaturas: 0

Fórum

Associação Civil Alternativa Terrazul,

Rua Goiás No 621. Bairro: Pan-Americano. Cep: 60441000 Fortaleza - Ceará - Brasil

E-mail: alternativa.terrazul@terra.com.br tel: + 55 85 32810246

Alternatives International

Data Nome Mensagem