Rede Mata Atlântica comemora criação de UCs em Santa Catarina

quinta-feira 20 de outubro de 2005 por Silvia Marcuzzo

A Rede de Organizações Não-Governamentais da Mata Atlântica - RMA - comemora a criação de duas Unidades de Conservação em Santa Catarina: o Parque Nacional das Araucárias, em Ponte Serrada e Passos Maia, com 12.841 hectares e a Estação Ecológica da Mata Preta, em Abelardo Luz, com 6.563 hectares. Estas áreas de proteção integral abrigam um dos últimos remanescentes com mata de araucária do Sul do País.

O decreto de criação das áreas foi publicado no Diário Oficial de hoje, dia 20 de outubro. A área original proposta pelo Ministério do Meio Ambiente para as unidades de conservação era de 15.035 hectares e de 7.958 hectares, respectivamente. Os novos limites foram acordados entre os governos, a comunidade e o movimento ambientalista. Os locais para o parque e para a estação ecológica foram definidos com base nas pesquisas do Grupo de Trabalho Araucárias Sul, formado em março de 2003.

No trabalho, 40 técnicos de 16 instituições levantaram informações sobre a situação dos remanescentes florestais e campos naturais. Foram encontradas espécies raras e endêmicas (que só existem ali) da flora e da fauna. Os pesquisadores verificaram ainda a situação socioeconômica e fundiária dos municípios e regiões abrangidas pelas UCs.

"Estamos muito felizes e sabemos o quanto custou essa luta pela criação. Mas a luta ainda não terminou, aguardamos a criação das UCs no Paraná", salienta Miriam Prochnow, coordenadora geral da RMA. Ela acrescenta que a Rede está consciente da situação, sabe que agora vem o esforço para a implantação das UCs na região, envolvendo a comunidade do entorno. "Estamos dispostos a colaborar com os trabalhos imediatamente", aponta a ambientalista.

Clóvis Borges, diretor executivo da Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem - SPVS, parabeniza a população de Santa Catarina com a criação das unidades, pois "elas representam uma fração do ecossistema Floresta com Araucária". E destaca: "se espera para curtíssimo prazo que as unidades pretendidas também sejam criadas do Paraná, conforme o compromisso do MMA".

A RMA continua com a mobilização para a criação das demais unidades. Atualmente, o internauta pode acessar a campanha em 32 sites. Em um mês de mobilização, quase quatro mil pessoas enviaram mensagens para a Ministério do Meio Ambiente pedindo a criação das áreas.

A situação da Floresta Ombrófila Mista (Floresta com Araucárias) é a mais grave de todos os ecossistemas da Mata Atlântica. Restam apenas 3% da cobertura original, incluindo florestas exploradas e matas em regeneração. Por isso, a Ministra Marina Silva havia anunciado na Semana da Mata Atlântica, em maio deste ano, os estudos para a criação de oito UCs. Essas duas foram as primeiras a serem decretadas.

Assinaturas: 0

Fórum

Associação Civil Alternativa Terrazul,

Rua Goiás No 621. Bairro: Pan-Americano. Cep: 60441000 Fortaleza - Ceará - Brasil

E-mail: alternativa.terrazul@terra.com.br tel: + 55 85 32810246

Alternatives International

Data Nome Mensagem